BackgroundDN
BackgroundDN
BackgroundDN
BackgroundDN
Desafio 2012
DNEscolas Apresenta-se
Kit de Apoio
Regulamento
O Meu DN
Links
 
Foi a 24 de Fevereiro que o nosso colégio teve a honra de acolher o Dia DN e, com ele, o Comandante José Vicente Moura, presidente do Comité Olímpico Português. Se a possível influência da atual crise no desporto já era um tema suficientemente complexo, a baixa do atleta olímpico Nelson Évora tornou ainda mais propícia a entrevista ao comandante, título que gosta de reforçar como marca do seu poder. Foi um momento muito ansiado e preparado por todos para que tudo estivesse à altura do desafio. Pela hora do almoço, já se distribuíam panfletos do novo concurso do DN "Gosto de Viver Aqui" e já se preparava o auditório onde decorreria mais tarde a entrevista. Com os nervos em franja e o
Crise nos Jogos Olímpicos-O presidente do Comité Olímpico responde
coração quase a sair do peito, as nossas colegas começaram por apresentar o convidado a todos. Também o Comandante José Vicente Moura estava um pouco tenso, acabando por confessar que estava mais habituado a falar para graúdos e não tanto para jovens. Ouviu-se a primeira pergunta e a plateia fez silêncio. À medida que a entrevista se foi desenrolando, as opiniões do presidente do Comité demarcaram-se. Houve espaço para todas as questões desejadas dos dois grupos
presentes, bem como para a curiosidade do público. É ainda de realçar o apelo feito pelo Comandante à assistência; este destacou o papel inefável que o desporto pode ter na vida da população.
O que diz o Comandante
Permanece a ideia de que a crise não irá afetar o comité e que, na opinião do Comandante, o desporto nacional tem muito que crescer, nomeadamente a nível da organização, já que as infra-estruturas não correspondem às necessidades das populações. José Vicente Moura defende ainda que não é pertinente pensar em medalhas, devido às baixas sentidas na comitiva nacional.